Return to site

Village Enterprise levanta 3,5 milhões de dólares para contrato de impacto focado na redução da pobreza na África Oriental

SIBHub Brasil

por Isabel Rodrigues

O primeiro contrato de impacto para o desenvolvimento desenhado para reduzir a extrema pobreza na área rural da África subsaariana encerrou sua primeira rodada de financiamento: a Village Enterprise, que atua no combate à extrema pobreza na África apoiando e fomentando o empreendedorismo local, levantou 3,5 milhões de dólares de capital de giro de investidores privados e entidades filantrópicas.

O contrato proporcionará a 13.800 empreendedores de primeira viagem, que vivem com menos de 2 dólares por dia, capital inicial, treinamento e orientação para iniciar mais de 4.600 pequenos negócios sustentáveis nas áreas rurais do Quênia e Uganda até 2020. Caso a Village Enterprise alcance as métricas de sucesso, isto é, melhore os níveis de renda desses empreendedores, os pagadores de resultados pagarão até 4,28 milhões de dólares.

“Eliminar a pobreza é uma prioridade global, mas o financiamento é limitado. A mobilização de capital privado é fundamental para alcançarmos o objetivo número um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, que é acabar com a extrema pobreza até 2030. ”

Dianne Calvi, da Village Enterprise.

Para enfrentar esse desafio, a Village Enterprise e a Instiglio, pioneira em financiamento baseado em resultados que liderou o projeto do DIB, estão formando parcerias com investidores privados de impacto e as duas maiores agências de desenvolvimento do mundo: a USAID - Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional - e o DFID - Departamento para o Desenvolvimento Internacional do Reino Unido. Este DIB alavanca um novo e inovador "fundo de pagamento por resultados" hospedado pela Global Development Incubator (GDI), que manterá todos os recursos em depósito e consolidará todas as contratações, fluxo de caixa e processamento através de uma única plataforma eficiente e escalável. Nove investidores de impacto, incluindo o Fundo Delta, a Fundação Laidir, o Fundo Social Venture do Vale do Silício, a Bridges Impact Foundation e vários investidores individuais, estão fornecendo o capital de giro para o Village Enterprise.

O programa da Village Enterprise inclui seleção, treinamento, orientação, capital inicial na forma de subsídios em dinheiro e grupos de poupança. A ação para Inovações para a Pobreza (Innovation for Poverty Action) concluiu recentemente um ensaio controlado randomizado (RCT) do programa que demonstrou aumentos no patrimônio e no consumo, bem como bem-estar subjetivo e nutrição, entre os participantes do programa. Com base nessas evidências de sucesso do programa, a Village Enterprise foi selecionada como prestadora de serviços para esse vínculo de impacto.

Os contratos de impacto para o desenvolvimento, que normalmente são apoiados por agências de desenvolvimento e de fomento, ainda possuem uma baixa representatividade quando comparados com número de contratos de impacto social, apoiados por governos, que já foram lançados ao redor do mundo. No entanto, há existem sinais que esse modelo pode ser bem-sucedido: um DIB na Índia focado na educação de meninas anunciou que excedeu sua meta de matrículas e melhorou significativamente os níveis de aprendizado das meninas matriculadas. A UBS Optimus Foundation, que liderou a capital, será reembolsada com uma taxa de retorno de 15% pelo patrocinador do título, a Children’s Investment Fund Foundation.

Para ler a notícia na íntegra em inglês, acesse: https://bit.ly/2M9cHc2

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly