Return to site

Enfrentando o Desemprego de Imigrantes e Refugiados com Contratos de Impacto Social

SIBHub Brasil

por Hamna Nazir

No primeiro semestre de 2017, os governos da Finlândia e do estado de Massachusetts, nos Estados Unidos, lançaram seus Contratos de Impacto Social voltados à redução do índice de desemprego de imigrantes e refugiados.

Em março, a Social Finance USA e Jewish Vocational Services (JVS) lançaram, em parceria com o governo de Massachusetts, o “Caminhos para o Avanço Econômico em Massachusetts” (Massachusetts Pathways to Economic Advancement). O programa foi lançado através de um CIS, o terceiro em Massachusetts, e o primeiro focado exclusivamente no desenvolvimento da força de trabalho no país.

Ao longo de três anos, o programa ajudará cerca de 2.000 adultos na região metropolitana de Boston. Aulas de inglês profissional, integradas à assistência na procura por emprego e treinamento vocacional, ajudarão indivíduos que ainda não dominam o inglês, incluindo imigrantes registrados e refugiados, a conseguirem um emprego, salários mais elevados e educação superior.

De acordo com estudos[1], imigrantes e refugiados constituem 29% da população em idade ativa na cidade. No entanto, 38% dos imigrantes entrevistados por pesquisadores reportaram que seu nível de inglês é razoavelmente baixo. Nos Estados Unidos, imigrantes que possuem dificuldades com a língua inglesa enfrentam barreiras significativas para encontrar um emprego. Segundo o Social Finance USA, a região metropolitana de Boston possui aproximadamente 230.000 adultos que estão aprendendo a falar inglês. Esse grupo apresenta taxas mais altas de desemprego, e ganham quase 24.000 dólares a menos por ano do que os indivíduos com características semelhantes, porém fluentes em inglês.  

A intervenção consistirá em quatro programas que integram educação de adultos e desenvolvimento da força de trabalho, e também permitem que cada participante receba conselhos conforme com as suas necessidades. Todos os programas serão entregues pelo prestador de serviço, JVS, um dos maiores fornecedores de programas educacionais para adultos e apoio a força de trabalho em comunidades de Boston. Além de ajudar a população alvo a aumentar seus ganhos e obter educação superior, a intervenção também pode ajudar a enfrentar o baixo nível de habilidades e competências do mercado de Massachusetts.

Através de 40 investidores, o contrato angariou 12,4 milhões de dólares, incluindo instituições financeiras, fundos aconselhados por doadores, fundações e pessoas físicas. Os resultados serão mensurados trimestralmente pela Corporação para Mobilidade Econômica (EMC), avaliador independente do contrato, e os pagamentos serão feitos trimestralmente também, com um limite máximo de 15 milhões de dólares.

Em junho, a Finlândia lançou seu segundo Contrato de Impacto Social, em parceria com o Fundo Europeu de Investimento (EIF) e o Epiqus Ltd. Ao longo de sete anos e com um investimento de 10 milhões de euros, o projeto apoiará a integração de 2.500 a 3.700 imigrantes e refugiados no mercado de trabalho finlandês através de treinamentos e suporte no desenvolvimento de capacidades para adequação a empregos disponíveis. O Ministério dos Assuntos Econômicos e do Emprego reportou que a taxa de desemprego dos imigrantes chega a ser entre 2 a 5 vezes maior do que a da população nativa. O Epiqus Ltd, gestora de fundos dedicada a investimento de impacto, trabalhará com empresas em setores com dificuldades em encontrar mão de obra, como a indústria de manufatureira, construção e comércio.

Com estes dois CIS, ao todo já foram lançados três contratos de impacto social focados no apoio a imigrantes e refugiados. O primeiro foi o projeto “Duo for a Job” em Bruxelas, na Bélgica. Lançado em abril de 2014, o programa aproximou 180 jovens imigrantes desempregados com aposentados experientes para ajudá-los a se conectarem com redes locais de emprego.

Ainda em fase de desenvolvimento, há outro contrato dentro desta área. Na Bélgica, a Kois Invest recebeu um financiamento do Convergence Finance para desenhar um Contrato de Impacto para o Desenvolvimento que busca melhorar o bem-estar de refugiados sírios, provendo intervenções como treinamento vocacional, suporte a empreendedores e habilidades de linguagem, em cooperação com países vizinhos que possuem um alto índice de refugiados, principalmente Líbano, Jordânia e Turquia. Este projeto será o primeiro DIB envolvendo diversos países.

Para ler as notícias sobre os CIS dos Estados Unidos e Finlândia na integra em inglês, acesse: https://goo.gl/NDgsxD; https://goo.gl/Afhe1R

[1] Boston’s Immigrants: An Essential Component of a Strong Economy, Massachusetts Institute of Technology (MIT).

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly